Love Island

Uma Ilha do Amor

Love Island, ou Ilha do Amor, é um reality show de casais. De origem britânica, o programa teve a estreia da primeira temporada em junho de 2015. O programa vai ao ar pela ITV, a rede comercial de televisão mais antiga do Reino Unido.

No entanto, embora a atual versão do programa seja de 2015, entre 2005 e 2006 a rede ITV já havia produzido duas temporadas do reality, quando os participantes, doze celebridades solteiras, foram enviadas às ilhas Fiji por cinco semanas.

Uma nova Ilha do amor

O programa voltou à TV em fevereiro de 2015. Remodelado, os participantes do reality já não eram famosos, mas pessoas do público.

Entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2020 o programa teve seis temporadas. Cada uma dura aproximadamente um mês.

No programa, os participantes vivem em uma Ilha sem contato com o mundo exterior e todas suas atividades são vigiadas por câmeras.

Para sobreviver na Ilha do Amor, os participantes devem unir-se a outra pessoa. Não importa se a união se dá por amizade, por amor ou por dinheiro, o importante para os jogadores é que o casal ganhador leva 50000 libras esterlinas, o que equivale a aproximadamente 335 mil reais.

Enquanto permanecem na ilha os participantes devem estar com outra pessoa; estar sozinho pode levar à eliminação. Mas estar acompanhado não necessariamente significa construir laços afetivos, porque durante o programa os casais são trocados várias vezes. Além disso, durante o jogo os participantes são submetidos a vários desafios.

Apesar de ser um programa com duração de um mês, alguns casais “Love Island” tiveram um relacionamento mais duradouro que o programa. Alguns chegaram até mesmo a casar-se.

Apresentadoras

Entre 2015 e 2019 o reality show foi apresentado por Caroline Flack. Ela chegou a anunciar, em 2019, que deixaria o programa na sexta temporada depois de ser acusada de agressões pelo seu noivo, Lewis Burton.

Flack foi encontrada morta em sua casa em Londres, em fevereiro de 2020.

Com a saída de Flack, quem assume a apresentação do programa é Laura Whitmore.

Em julho de 2019, a ITV anunciou a realização de duas temporadas do programa em 2020: uma durante o verão, outra no inverno.

A temporada de verão seguirá sendo realizada em Maiorca, uma ilha no arquipélago das Ilhas Baleares, na Espanha. Já a versão de inverso se transmitirá desde uma vila na África do Sul.

A primeira edição de 2020, primeira comandada por Laura Whitmore foi ao ar entre janeiro e fevereiro.

Além da apresentadora, o programa conta com um narrador, que faz comentários burlescos e zomba dos participantes, do programa e até de si mesmo. O narrador da versão britânica é o humorista Iain Stirling.

Com Covid e sem ilha

Em maio de 2020, a produção do programa anunciou o cancelamento da edição do programa de verão de 2020, devido à grave crise mundial causada pela pandemia do coronavírus.

Na ocasião, o diretor da ITV chegou a dizer que a equipe de produção havia buscado maneiras de realizar a nova edição do programa, mas questões logísticas dificultavam, e, por isso, optaram pelo cancelamento.

Retorno à Love Island

Depois da edição de verão de 2020 ser cancelada, esperava-se o anuncio de uma nova edição de inverno para 2021. Contudo, as expectativas também foram frustradas.

O Reino Unido ainda continua sofrendo as consequências da Covid-19 e por isso a emissora responsável por Love Island optou por adiar o projeto até o inverno de 2021.

A sétima temporada do programa está prevista para começar em junho de 2021 e deve ser um pouco mais longa que o normal.

Nem tudo é amor na ilha

Apesar do sucesso, Love Island também recebeu duras críticas, especialmente depois do suicídio de ex-participantes do programa.

Ao sair da ilha muitos participantes têm dificuldades em lidar com as fortes críticas do público. O programa chegou a ser investigado pelo Parlamento britânico. A produtora do programa na época disse que forneceria terapia e outras formas de acompanhamento emocional para os participantes.

Muita gente também critica as pressões a que são submetidos os participantes. Também foram denunciadas as formas como os participantes do programa se relacionam entre si. Alguns telespectadores, por exemplo, criticam comportamentos que demonstram uma masculinidade tóxica.

Várias ilhas do amor

Apesar das críticas no Reino Unido, Love Island se converteu em um formato internacional. O programa ganhou até agora pelo menos 15 versões próprias em outros países como Austrália, Alemanha e Estados Unidos.

Nos Estados Unidos, o programa é transmitido pela rede de televisão CBS, e já teve duas temporadas.

A primeira temporada estreou em julho de 2019. Os participantes estiveram em uma casa em Fiji durante 32 dias. O programa foi ao ar em 22 episódios.

A segunda temporada do programa foi ao ar entre agosto e setembro de 2020, e teve ao todo 34 episódios.

Nos EUA, a série é apresentada por Arielle Vandenberg, e narrada por Matthew Hoffman.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *